Quem está construindo ou reformando, mais cedo ou mais tarde vai chegar ao projeto elétrico e se deparar com a escolha da quantidade e tipos de tomadas a serem instaladas. Apesar de ter ocorrido uma padronização no Brasil, isso não significa que a decisão ficou simples.

Isso porque não é apenas o tipo de plugue que diferencia as tomadas, mas também outras características técnicas, visuais e de segurança. Se você está procurando informações sobre os tipos de tomadas e como escolher, está no lugar certo. Confira estas dicas!

Os tipos de tomadas no Brasil

Você provavelmente acompanhou a mudança no padrão de tomada utilizado no Brasil. Há alguns anos, houve a padronização da tomada. Mas a história não é tão simples assim. Entenda sobre os tipos de tomadas do nosso país.

Padrão atual de tomadas e plugues

Atualmente, todos os aparelhos eletrônicos vendidos no país vem com a configuração de 2 ou 3 plugues redondos. Dois servem para fazer a conexão elétrica e um é o plugue terra, isto é, um pino extra usado para aumentar a segurança da tomada. Casa aconteça um curto-circuito, o plugue terra protege o usuário. (Ufa!)

Além do terceiro pino, a tomada atual conta com uma característica extra. Ela tem um formato chamado de poço, em que a conexão elétrica fica rebaixada em relação à tomada. Isso serve para dificultar o contato dos dedos com a energia.

Se você for comprar tomada atualmente, só vai encontrar desse tipo com espaço para conectar 3 pinos. Ele é obrigatório desde 2011 e outros tipos de tomadas não podem mais ser comercializados no Brasil. Além do tipo de tomada comum, com apenas um encaixe para um aparelho, você vai encontrar modelos como:

Tipos de tomadas antigas ou estrangeiras

Antes da padronização, era possível encontrar inúmeros tipos de tomadas no Brasil. Os mais comuns eram aqueles com dois plugues redondos e os com dois achatados. Um terceiro tipo, com dois plugues achatados e um redondo também era encontrado com frequência.

Os aparelhos que têm o modelo antigo com dois pinos redondos também se encaixam no modelo de tomada atual. Já aqueles com pino chato não podem ser ligados diretamente na tomada nova. Além disso, cada país tem seus próprios tipos de tomada. Portanto, se você comprar um aparelho fora do Brasil é possível que ele não possa ser encaixado nas tomadas daqui.

Outras características das tomadas

Não é apenas o modelo dos plugues que diferencia os tipos de tomadas no Brasil, mas também a corrente e a tensão. Entenda!

Corrente

Atualmente estão disponíveis tomadas com dois valores de corrente — com 10 ou com 20 Amperes (A).

As tomadas de 10 A podem ser usadas com segurança para aparelhos comuns, como televisão, carregadores de celular e eletrodomésticos de baixa potência. Já aparelhos que têm uma potência acima de 1000 Watts, como é o caso de alguns secadores de cabelo, só devem ser ligados em tomadas de 20 A.

Além disso, as tomadas com corrente diferente também têm plugues com diâmetro diferente. O plugue da tomada de 10 A é de 4 mm, enquanto a tomada de 20 A tem diâmetro de 4,8 mm. Isso serve para garantir a segurança.

Portanto, se você tentar encaixar um aparelho em uma tomada e perceber que ele não cabe, não tente forçar a conexão. O pino é mais largo porque se trata de um aparelho com alta potência e que deve ser ligado em uma tomada de 20 A.

Essa é uma questão de segurança e você não deve, em hipótese alguma, utilizar um adaptador para isso. Um aparelho de maior potência, projetado para a tomada de 20 A, não deve ser ligado na tomada de 10 A. Os riscos nesse caso são: sobrecarga da rede elétrica, derretimento dos fios e danificação de toda a sua rede.

Em contrapartida, um aparelho que tem plugue de 10 A pode ser ligado em uma tomada de 20 A. O único problema é que o encaixe vai ficar um pouco folgado, já que o pino é menor, mas não há risco quanto à segurança da rede elétrica e do aparelho.

Tensão

A tensão, também conhecida como voltagem, depende da cidade ou estado. Em algumas partes do Brasil, utiliza-se 110 V, enquanto em outras utiliza-se 220 V. Infelizmente não há como diferenciar uma da outra e, se você não ficar atento, pode danificar algum aparelho.

Uma boa parte dos aparelhos eletrônicos mais novos, como os carregadores de celular ou notebook, são automaticamente bivolts, isto é, podem ser ligados nas duas voltagens.

Outros aparelhos menos tecnológicos, como eletrodomésticos, não são tão flexíveis. Portanto, se você viajar pelo Brasil e levar algum aparelho, confira antes de ligar na tomada se a voltagem é a correta para ele.

O que fazer para adaptar os tipos de tomadas

Nem todas as casas se adaptaram ao tipo de tomada novo e muitos aparelhos antigos não encaixam nesse modelo. Alguns eletrônicos comprados no exterior têm tipos de tomadas completamente diferente e não encaixam nas tomadas brasileiras. A solução nesses casos é usar adaptadores, trocar as tomadas do imóvel ou trocar os plugues dos aparelhos eletrônicos.

Os adaptadores podem ser comprados em lojas de artigos eletroeletrônicos, lojas de material de construção, de itens para a casa e até mesmo em supermercados. No entanto, o uso de adaptadores não é a forma mais segura, e você corre o risco de sobrecarregar seu aparelho ou gerar um curto circuito.

Se for usar um adaptador, mesmo que de forma provisória, confira a tensão, a potência e a corrente para as quais ele foi projetado e compare com o seu aparelho. A propósito, se você for viajar para outro país, leve um adaptador universal.

A segunda solução é um pouco mais trabalhosa mas vai deixar sua casa mais segura e moderna — a substituição das tomadas no seu imóvel ou dos plugues dos aparelhos que você tem. 

Você pode contratar um eletricista ou tentar fazer você mesmo, pois a troca é relativamente simples. Veja a seguir como fazer a troca de acordo com o modelo da tomada na parede da sua casa.

Modelo novo

Caso você tenha aparelhos antigos que não se encaixam nos tipos de tomadas novos, você pode instalar um novo plugue no aparelho, no modelo de 2 ou 3 pinos redondos. O plugue é encontrado em lojas de materiais elétricos e você precisará de um alicate e uma chave de fenda pequena. Com o aparelho desligado da tomada, siga estes passos:

  1. Use o alicate para cortar o fio e remover o plugue antigo, tomando cuidado para manter o fio na mesma posição, pois você precisa ligá-lo no novo plugue do mesmo jeito que ele estava ligado no plugue antigo.
  2. Desencape a ponta do fio, deixando cerca de 5 mm sobrando.
  3. Dependendo do aparelho, haverá 2 ou 3 fios. Se houver 3, um deles terá a cor diferente — esse é o fio terra que deverá ser ligado na conexão do meio do plug. Se não houver fio terra, essa conexão não será usada.
  4. Os outros dois fios são os que fazem a conexão elétrica. Encaixe-os no novo plugue na mesma posição que eles estavam antes, sem trocar os fios de lado. Depois que você colocar a ponta dos fios na conexão, aperte o parafuso, de forma que o fio fique preso.

Pronto! Agora é só fechar o plugue e o seu aparelho antigo já pode ser ligado na tomada nova.

Modelo antigo

Os aparelhos que têm o plugue com terceiro pino não se encaixam nos tipos de tomadas antigos. Nesse caso, também é bom trocá-las ao invés de usar adaptadores. Se a rede for muito antiga e vocês já tiverem alguns problemas, é melhor chamar um profissional para revisar.

Se tiverem, por exemplo, tomadas que não funcionam mais, ou, ainda pior, se há uma queda de energia quando você usa aparelhos mais potentes, a ação é urgente. Nesse caso, contrate um profissional para revisar tudo e trocar as tomadas pelo modelo mais novo.

Porém, se a rede elétrica da sua casa é nova (tem menos de 10 anos) e não há problemas no dia a dia, você pode trocar a tomada por conta própria. Compre uma tomada que tenha as mesmas funções da anterior, se a antiga tiver uma tomada e um interruptor, compre uma tomada nova que também tenha um interruptor.

Os passos são parecidos com a troca do plugue, mas aqui você deve ficar atento e desligar o disjuntor (chave geral) antes de começar a mexer na tomada. Quando a tomada não estiver mais alimentada por energia, siga estes passos:

  1. Desparafuse a tampa da tomada para ter acesso aos fios.
  2. Marque de qual lado os fios estão ligados na tomada, pois você precisa ligá-los na mesma posição. Você pode usar, por exemplo, uma fita adesiva ou papéis de cores diferentes.
  3. Depois de identificar os fios, desparafuse a ponta deles para que fiquem livres.
  4. Remova a tomada antiga.
  5. Parafuse os fios na tomada nova na mesma posição em que eles estavam na tomada anterior.
  6. Parafuse a tampa da nova tomada.

Pronto! Agora você tem uma tomada nova e pode ligar seus aparelhos sem problemas.

Mas, se optar por um profissional especializado, indicamos a plataforma Getninjas, parceira do Toca Obra. Lá você encontrará os melhores profissionais, de forma fácil e segura!

Cuidados ao escolher e instalar tomadas em casa

Quando se trata de eletricidade, segurança nunca é demais. Confira alguns cuidados:

  • Jamais trabalhe em tomadas que estão energizadas! Desligue a chave geral antes de começar a mexer;
  • Faça o dimensionamento correto da rede de acordo com a quantidade de tomadas e de aparelhos que serão ligados. Um projeto elétrico feito por um profissional é indispensável em uma reforma ou construção;
  • Pense na segurança das crianças. Se você tiver filhos pequenos, utilize protetores nas tomadas para que eles não tenham acesso.

Enfim, na hora de escolher os tipos de tomadas para sua casa, pense no dimensionamento correto e coloque a segurança em primeiro lugar. Energia elétrica é assunto sério!

Vale mencionar, ainda, que as tomadas não precisam ter apenas uma função técnica e serem aquele padrão branco sem graça. Há modelos e tipos de tomadas modernos, em diferentes cores e materiais, que combinam com a decoração e ajudam a deixar sua casa ainda mais bonita!

Para saber mais sobre as dicas e ofertas do Toca Obra, assine nossa Newsletter gratuita. Aproveite!

Contrate um ninja