Escolher os tipos de cortina para cada cômodo da sua casa parece ser um grande desafio, mas pode se acalmar! A partir das dicas que te daremos a seguir, será muito mais fácil do que você imagina. 

Antes mesmo de listar nossas dicas e passo a passo sobre quais são os tipos de cortinas que você poderá escolher, primeiro identifique qual estilo e tipo de tecido certo para cada ambiente. 

Se você se interessou sobre como escolher os tipos de cortina para cada cômodo, continue nos acompanhando!

Passo a passo para montar suas cortinas 

Quando finalmente encontrar a cortina perfeita para sua janela, você deve saber como pendurá-las, certo? E nós queremos que todo o processo de montagem seja realizado com segurança.

Então, se atente ao nosso passo a passo e aprenda em 4 etapas como montar os tipos de cortina escolhido por você.

Passo 1: Meça sua janela! 

É medindo as janelas que você terá noção do tamanho do varão ou trilho para pendurar sua cortina, então não se esqueça de medi-las, ok? 

Meça a largura e a alturas das respectivas e considere uma folga de 20 cm para cada lado, aproximadamente. 

Dica: Essa folga será super importante na hora de comprar os tecidos dos tipos de cortina escolhidos. Anote todas essas medidas para não correr o risco de esquecer. Ah, e mantenha uma distância de, pelo menos, 10 cm do batente superior da janela.

Passo 2: Qual a melhor opção: varão ou trilho?

janela fechada com cortinas
Saber como escolher os acessórios certos para os tipos de cortina deixa o ambiente ainda mais bonito e organizado.

A escolha entre essas duas opções dependerá muito do ambiente em que a cortina será colocada, isso porque cada cômodo possui sua limitação, como também um estilo. 

Vamos combinar que certos cômodos pedem certos tipos de cortina, não é verdade?

Quando se opta pelo trilho, o indicado é que a parte superior possua algum tipo de acabamento de gesso ou madeira onde possa ser embutido. 

Agora, para o varão, isso não é necessário. Contudo,  por conta deste acessório estar sempre à mostra, requer uma combinação. E, é nessa etapa que você pode deixar o ambiente a sua cara. 

Por isso, escolha o varão com cores neutras e/ou com acabamento de diferentes materiais. 

Passo 3: Altura e caimento da cortina

A altura da cortina leva em consideração, primeiramente, o passo 1 (medir a sua janela), mas também, ao estilo que você quer trazer ao ambiente. 

Geralmente, os tipos de cortina que vão do chão ao teto causam uma sensação de aconchego, no entanto, colocar uma cortina que tenha essa característica na janela da cozinha poderia trazer um clima pesado. 

Portanto, é necessário pensar nos locais onde essas cortinas serão colocadas. 

Dica: Para dar melhor caimento ao tecido, deixe 1 ou 2 cm a mais no comprimento. 

Para garantir uma instalação segura, livre de quaisquer riscos, opte por contratar um profissional. Faça um orçamento gratuito com a GetNinjas, parceira do Toca Obra.

Passo 4: Definindo os tipos de cortina

Chegou a hora,vamos definir o estilo da sua cortina! Para isso, é preciso relembrar todos os passos listados anteriormente e fazer as seguintes perguntas: Quais são as medidas das janelas? Em qual cômodo vou colocar minhas cortinas? A cor combina com o ambiente, e se sim, ela terá o caimento de 2 cm a mais? 

Se o objetivo da cortina colocada no quarto for impedir a entrada de luz, nós aconselhamos a escolhas de persianas ou tecidos blackout. Mas, se a ideia é trazer a sensação de conforto e iluminação na cozinha, porque não investir nos tecidos mais leves, tais como: Voil ou shantung.

sala com cortinas na janela
Saber como escolher os acessórios certos para os tipos de cortina deixa o ambiente ainda mais bonito e organizado.

As persianas finas são muito eficientes no controle de luminosidade, além de possuírem um ótimo preço. Porém, são mais trabalhosas na hora da limpeza. Por isso, coloque na balança e veja se é um bom negócio para você adquirir as persianas! 

Quanto aos tecidos leves que indicamos para a cozinha: eles são fáceis de lavar, mas podem perder rapidamente sua qualidade quando colocados em janelas que recebem muito pó ou que fiquem sempre abertas. 

E se a vontade for trazer um colorido a mais para o cômodo? Neste caso, opte pela sarja, mais encorpada e com muitas cores e estampas.

Se a ideia é trazer luxo para sua casa, as opções de linho ou seda realizam esse desejo. Ainda que mais caras, o efeito pode ser bem melhor do que você esperava, por isso, fique de olho nas liquidações de tecidos e decorações para não perder nenhuma oportunidade.

As cortinas adicionam cor, estilo e aconchego aos cômodos da casa. Por isso a sua escolha é tão importante. Entender o propósito e os tipos de cortina no ambiente te ajudará a tomar a decisão certa!

botão conheça o toca obra

Agora que você já conhece os tipos de cortina, que tal conferir muitas outras dicas aqui no Blog?  Aproveite e assine Newsletter da Toca Obra para ficar por dentro de todas as novidades!

Contrate um ninja