O ano se firmou: já estamos em abril e nada melhor do que aproveitar esses próximos meses para colocar a vida de em dia, não é mesmo? Ainda mais nesse momento, isso também significa investir na organização do lar!

Retirar os itens velhos e sem serventia, melhorar a funcionalidade dos cômodos e tocar um 2020 mais leve e mais bem organizado.

Com a casa em ordem e o lar organizado, fica mais fácil encontrarmos tudo o que procuramos, reduzir o estresse e até melhorar o seu estado emocional (pelo menos é o que afirma o Feng Shui).

Não sabe como fazer a organização do lar? A gente te ajuda! Veja as dicas que separamos:

Como planejar a organização do lar?

Antes de começar a colocar a “mão na massa”, é importante ter em mente algumas regras básicas da organização. Elas podem ser usadas para organizar o lar, o trabalho e até a vida.

São elas:

1)    Não acumule: pare de guardar coisas desnecessárias. Para a boa organização do lar, crie o hábito de — ao menos uma vez por mês ou por ano — separar os itens que não usa mais e doar os que estão em bom estado.

Outra possibilidade é, sempre que comprar algo novo, escolher um item antigo para se desapegar;

2)   Não deixe para depois: sempre que tirar algo do lugar, guarde-o de volta imediatamente. Deixar para guardar depois é o primeiro passo para uma bagunça enorme e muito mais difícil de organizar. Então, crie o hábito de sempre colocar os objetos de volta depois de usar;

3)   Invista na organização funcional: ou seja, garanta que a arrumação feita seja prática no dia a dia, deixando os itens de uso diário em locais de fácil acesso. Além disso, invista em guardadores transparentes, etiquetas para potes, caixas e gavetas e pense em formas de organização que facilitem a sua vida.

Pronto! Com essas “regrinhas básicas” será mais fácil incorporar a aclamada organização do lar no seu dia a dia. Agora vamos às dicas de planejamento.

Inicie pelos pontos críticos

Se o lar está muito bagunçado, não adianta tentar resolver toda a questão de uma só vez. Comece por aqueles locais em que você tem mais dificuldade para manter organizado e planeje quanto tempo você levará para isso.

Também é importante separar todo o material que você usará para organizar essa área e, ainda, criar compartimentos separados para os produtos que serão doados e para os que serão jogados fora.

Crie um calendário de tarefas

Para isso, é importante analisar os hábitos da sua casa e entender o que pode ou não funcionar na sua rotina. Depois, faça um calendário com as tarefas que podem ser executadas todos os dias, todas as semanas, todos os meses ou uma vez por ano.

Divida as tarefas

Em uma casa com mais moradores, é importante que todos sejam responsáveis pela organização do lar. Então, divida as tarefas. Assim, você ensina as crianças a manterem os itens organizados e convida todos a participarem desses momentos.

Isso gera interação e cooperatividade entre a família – além de que, se todos souberem o trabalho que dá para manter tudo organizado, passarão a fazer menos bagunça e valorizarão mais o trabalho que dá para organizar o lar.

Dicas de organização do lar: as 42 mais importantes!

Com as dicas acima, já ficou bem mais fácil começar a organização do lar, não é mesmo? Mas existem muitas outras que você precisa considerar. Abaixo separamos as dicas por cômodos. Confira.

Quartos e guarda-roupas

Lar organizado: quarto de parede azul, estantes de livros, cômoda, luminária e um quadro pendurado;
O quarto é uma área que requer bastante atenção na organização do lar.

Essas são as áreas que mais costumam ficar bagunçadas. As tarefas de organização podem ser diárias, semanais, mensais e assim por diante. Veja as mais importantes:

1-    Todos os dias antes de sair de casa, arrume a cama (isso ajuda a melhorar a sensação de organização ao chegar em casa cansado);

2-    Reduza a quantidade de objetos no criado-mudo;

3-   Faça uma organização profunda no guarda-roupa de tempos em tempos: retire tudo, doe o que não usa mais e está em bom estado e jogue fora as peças em péssimo estado de conservação;

4-   Limpe o guarda-roupa quando fizer a organização profunda, passando aspirador de pó e pano úmido;

5-   Organize o guarda-roupa com as peças que ficaram. Existem muitas técnicas! O importante é escolher a que funciona para você — por exemplo, organizar as roupas por tipo (social, camisa, vestidos etc.), por estação, por cores ou por uso;

6-   Pendure as roupas que precisam ser passadas para reduzir os riscos de ficarem amarrotadas (como camisas sociais, calças, saias, vestidos etc.). Quando pendurar uma camisa social, abotoe o primeiro botão, o que diminui o risco da camisa cair do cabide.

Pendure o máximo de roupas que puder, isso melhora a visibilidade e facilita o uso. Coloque todos os cabides virados para dentro e evite pendurar mais de uma roupa por cabide;

7-   Coloque as roupas mais usadas nas gavetas superiores e as menos usadas nas inferiores;

8-   Agrupe as roupas de cama. Por exemplo, coloque cada conjunto de lençol dentro de uma fronha e assim será mais fácil encontrar qual kit deseja colocar na cama;

9-   No quarto das crianças: doe os brinquedos velhos e jogue fora os quebrados. Guarde os restantes em caixas diferentes de acordo com o tipo. Coloque etiqueta nas caixas para que as crianças saibam onde guardar os brinquedos após usar. Caso elas não saibam ler, desenhe o brinquedo na etiqueta;

10- Organize os calçados de forma que consiga ver todos de uma só vez (pode usar prateleira deslizante, sapateiras de porta ou outras opções). Não deixe os calçados amassarem, por isso, evite empilhá-los.

Se for inevitável, coloque as sandálias sobre os sapatos e guarde as botas com um enchimento dentro.

Banheiro

Banheiro limpo e organizado, paleta de cores branca
A organização do lar também conta com otimização do uso de espaços!

Apesar de nem sempre lembrarmos de organizar o banheiro, essa é uma tarefa muito importante para a organização do lar, principalmente no caso da organização de casas pequenas, em que esses cômodos costumam ser menores.

Banheiro organizado traz uma aparência de casa limpa 😉

Algumas dicas importantes são:

11- Retire todos os produtos dos armários, prateleiras e bancadas: descarte embalagens vazias, produtos abertos há muito tempo e itens vencidos ou que não usa mais;

12- Separe os produtos de uso diário (pasta de dente, desodorante, protetor solar etc.) e guarde-os em um local de fácil acesso (primeira gaveta, armário sobre a pia ou bandeja na bancada). Deixe as escovas de dente em um recipiente tampado ou use protetores plásticos;

13- Use prateleiras e nichos para colocar produtos de higiene, toalhas e itens decorativos;

14- Coloque o cesto de roupas sujas no banheiro (isso evita que a roupa fique jogada ou esquecida);

15- Invista em cestas de vime ou outros tipos de organizadores para as toalhas e outros objetos;

16- Tente deixar tudo o mais setorizado possível, separando os cremes, as escovas de cabelo, a maquiagem, os produtos de limpeza etc. Você pode separar por categorias nas gavetas ou nos organizadores;

17- Não deixe muitos objetos sobre a bancada. Se for usar alguns, invista em uma bandeja para manter tudo em ordem;

18- Dentro do box, deixe apenas os produtos usados durante o banho. Troque as esponjas a cada dois meses, para evitar fungos e bactérias;

19- Itens maiores como escovas de cabelo, pentes e secadores podem ser guardados em gavetas. Se não tiver espaço, use caixas plásticas transparentes e guarde-as debaixo da pia ou, ainda, invista em gaveteiros com rodinhas.

Cozinha

Balcão de cozinha com banquinhos, uma decoração com a paleta de cores branca e cinza
Atente-se também à cozinha para uma boa organização do lar!

Sabemos que a cozinha é um dos cômodos mais difíceis de se manter organizado. Apesar disso, na hora de usar esse ambiente, nada melhor do que contar com uma boa organização, facilitando para encontrar tudo o que precisa.

Além disso, a organização ajuda a controlar a validade dos produtos, reduzindo o desperdício. As dicas mais importantes são:

20- Comece com o básico: lave a louça, limpe o fogão, a bancada e os armários. Deixe na bancada apenas aqueles produtos de uso diário, evitando tumultuar essa área (uma dica útil especialmente na organização de casas pequenas);

21- Organize os armários: empilhe os pratos em um armário de fácil acesso. Para evitar trincas, a pilha deve ter no máximo 16 pratos. Faça pilhas diferentes para pratos rasos e fundos.

Empilhe também as tigelas (no máximo 3) e deixe os copos de ponta cabeça. Prenda as canecas pelas asas em ganchos acima das prateleiras ou na parte debaixo do armário;

22- Para organizar os potes plásticos ou de vidro, deixe-os empilhados, do maior para o menor. As tampas devem ser armazenadas em outro recipiente. Outra opção é colocar as tampas por baixo dos potes;

23- Se tiver espaço para deixar as panelas lado a lado, faça isso. Caso contrário, empilhe-as também, assim como os potes. Para as tampas, existem algumas opções de organizadores. O ideal é guardá-las em pé, que ocupam menos espaço;

24- Coloque os talheres em gavetas com divisórias internas e separe garfos, facas e colheres. Ou, ainda, coloque os talheres em potes de vidro, também separados;

25- Arrume os recipientes grandes. Para isso, instale no armário divisórias verticais e guarde lá as frigideiras, formas, travessas e bandejas;

26- Guarde o material de limpeza em cestos plásticos sem tampa;

27- Caso a sua cozinha tenha alguma parede vazia, invista nas prateleiras ou nichos, ajudando a economizar espaço nos armários;

28- As gavetas podem ser organizadas da seguinte maneira:

  • Primeira gaveta para talheres de uso diário;
  • Segunda gaveta para utensílios de menor uso diário ou de tamanhos maiores;
  • Terceira gaveta para luvas térmicas, papel toalha, papel alumínio, papel manteiga e saco para freezer;
  • Quarta gaveta para itens diversos e a última gaveta (se houver) para panos de prato, toalhas de mesa e outros;

29- Na geladeira, use cestos organizadores e agrupe os alimentos do mesmo tipo;

30- Para a despensa, separe os itens por caixa e setorize. Etiquete as cestas ou caixas, os potes e tudo o que puder, facilitando o dia a dia.

Para os mantimentos, use potes herméticos e de preferência empilháveis. Leites e sucos devem ser colocados em fileiras. Deixe os itens com a validade mais antiga na parte da frente.

Lavanderia

máquina de lavar com uma toalha
Uma lavanderia organizada pode reduzir o tempo para arrumações.

Nem todo mundo tem espaço de lavanderia em casa, mas se você tem, essa é uma área importantíssima para a organização do lar. Algumas dicas importantes são:

31- Use um cesto para roupas brancas e outro para roupas coloridas (se ainda tiver espaço, adicione um cesto para roupas pretas);

32- Use cestinhas para os prendedores ou um suporte de prendedores de roupas íntimas;

33- Invista em armários ou prateleiras para organizar os materiais de limpeza, baldes e itens maiores como as vassouras e rodos (esses itens também podem ser pendurados na parede);

34- Separe os itens para lavar roupas em um compartimento e os produtos de limpeza em geral em outro.

Sala

Sala de estar, dois tapetes, dois sofás, chão de madeira e uma decoração clara
Sendo um dos cômodos mais visitados, a sala é essencial para a boa organização do lar.

A sala de estar é o primeiro espaço que notamos ao chegar em casa, por isso, quanto mais organizada ela está, melhor nos sentimos. Veja as dicas essenciais.

35- Recolha todos os itens que não pertencem ao ambiente. Jogue fora jornais e revistas antigos (caso colecione revistas, guarde-as em porta-revistas decorativos);

36- Crie um local na porta de entrada para as chaves, celulares, carteiras e correspondência, como bandejas, tigelas ou ganchos;

37- Guarde CDs e DVDs em caixas decorativas ou organizadores;

38- Crie novos hábitos: quando comer algo na sala, leve os pratos e copos para cozinha, ao chegar da rua, guarde as bolsas e casacos e deixe todos os itens sempre arrumados.

Home Office

Criança estudando, remetendo ao home office e a organização do lar
Um espaço organizado garante um melhor desempenho da concentração.

O quarto de estudos e trabalho também costuma ficar atulhado, cheio de papéis e outros itens. Veja as dicas que separamos para essa área:

39- Deixe na mesa do computador apenas os itens necessários, como porta-lápis, pasta, agenda e caixa de entrada e saída;

40- Reduza a quantidade de papéis, jogando fora o que é desnecessário;

41- Guarde apenas os papéis que usará no trabalho ou estudo e os indispensáveis (comprovantes de pagamentos, documentos pessoais, documentos da casa e do carro etc.);

42- Coloque os papéis do trabalho em caixas de entrada e saída, gavetas ou fichário e separe de acordo com a função e cada um. Escaneie os demais papéis cujas informações você deseja guardar.

Como manter a organização do lar em dia?

Depois de tudo isso, é essencial mudar os hábitos para manter a casa sempre arrumada. O principal é se lembrar da regra de ouro: sempre guardar os itens no lugar deles depois de usar.

Essa dica também vale para a cozinha: sempre limpe tudo logo após usar, evitando acumular louça e bagunçar demais a área. Quando terminar de lavar a louça, seque e guarde os itens, para livrar espaço da bancada.

Cachorro de patinhas cruzadas
Cuidar bem dos pets também faz parte da organização do lar!

Outra dica bacana é se preparar à noite para o dia seguinte. Ao chegar em casa do trabalho, troque os sapatos pelos chinelos e faça algumas tarefas como limpar a cozinha depois do jantar, lavar a louça, tirar o lixo, regar as plantas, cuidar dos pets, arrumar a mesa para o café da manhã e fazer uma lista de atividades para o próximo dia.

E, claro, não se esqueça de compartilhar com todos da casa esses novos hábitos de organização!

Por que investir na organização do lar?

A organização do lar é algo trabalhoso e, por isso mesmo, muitas pessoas acabam deixando-a em segundo plano. Mas você sabia que investir na organização é capaz de trazer uma série de benefícios? Veja os principais:

·         Melhora a sua saúde, reduzindo as chances de acumular umidade, fungos, bactérias, ácaros e outros;

·         Traz mais praticidade no dia a dia, pois você sabe onde cada item está e não precisa perder tempo procurando;

·         Renova seu estado de espírito: já existem estudos em psicologia que mostram que a bagunça é capaz de impactar o nosso humor e a produtividade do dia, além de estar ligada a questões mais sérias como ansiedade, depressão e dificuldade em lidar com a realidade;

·         Melhora a criatividade: de acordo com estudos científicos recentes a organização do ambiente permite que as tarefas sejam realizadas de forma mais rápida, evita estresse e estimula a imaginação.

Neste conteúdo, você viu dicas simples, mas muito funcionais para a organização do lar. Além disso, aprendeu que manter a casa livre de bagunça faz bem para a saúde do corpo e da mente. 

Gostou das nossas dicas? Assine nossa newsletter e receba sempre conteúdos bacanas como este no seu e-mail!

Contrate um ninja