Você está pensando em mudar a cor da sua casa e quer executar a pintura por conta própria? Saiba que, antes disso, você vai precisar preparar a superfície para garantir um bom acabamento e isso inclui saber como aplicar massa e também como lixar parede.

Ao lixar a parede, você elimina imperfeições e permite que a tinta seja aplicada corretamente. Se você não tem ideia de como isso pode ser feito, não se preocupe. Nós te explicamos o passo a passo para preparar a parede para pintura

Acompanhe e aprenda em detalhes como lixar parede!

A importância da preparação da parede para a pintura

Uma parede que já foi pintada algumas vezes e que ainda tem resto de tinta precisa ser preparada antes de receber uma nova pintura. Da mesma forma, uma parede nova que foi apenas rebocada e ainda não foi pintada também precisa de tratamento.

O objetivo da preparação é limpar a superfície, retirar restos de outros acabamentos e deixar a parede pronta para receber a tinta. Se você quiser um acabamento liso, precisará também aplicar massa corrida. Mesmo quem deseja um acabamento mais rústico não vai fugir da tarefa de lixar parede. 

+Veja aqui nosso blog post qual a forma correta para preparar parede para pintura

Essa etapa é fundamental para garantir boa aderência da tinta, durabilidade e, principalmente, bom efeito visual. Se você não lixar a parede antes de pintar, a tinta vai descascar em pouco tempo e o as deformações da cobertura da parede ficarão visíveis. Imagina só que horror!?

A pintura é o acabamento, isto é, a última etapa. Para que ela seja bem-sucedida, a preparação deve ser impecável. Antes de começar a aprender como lixar parede para pintar, separe as ferramentas!

Passo a passo para lixar parede

  1. Limpe a parede usando uma vassoura, pano, detergente, ou outro material de limpeza de sua preferência.
  2. Verifique se há infiltrações. Se houver, resolva esse problema antes de prosseguir para que você não perca seu trabalho.
  3. Cheque se há buracos ou furos na parede. Se houver, cubra com massa corrida e espere secar.
  4. Se a parede já possui um pintura e há muitas irregularidades ou ela está descascando, você deve retirar o excesso de material com uma espátula ou uma lixa mais robusta, como a lixa ferro.
  5. Agora, é hora de lixar a parede pela primeira vez utilizando uma lixa mais grossa, por exemplo, de gramatura 100. Faça movimentos circulares e remova o excesso de reboco ou da pintura antiga.
  6. Caso a parede tenha sido pintada e ainda está no reboco, você deve primeiro aplicar o selador e esperar o tempo recomendado pelo fabricante. Agora, se a parede já foi pintada alguma vez, você pode pular essa etapa.

Se você quiser um acabamento rústico, o processo acaba aqui e você já pode aplicar a tinta. Mas, se preferir um acabamento liso, siga os próximos passos.

  1. Utilizando a espátula e a desempenadeira, aplique uma mão de massa corrida e espere o tempo de secagem conforme indicação do fabricante. Lembre-se que a massa acrílica é usada em ambientes internos ou externos e a massa PVA apenas em ambientes internos secos.
  2. Depois que a massa estiver seca, lixe a parede utilizando uma lixa média, por exemplo, de gramatura 150. Faça movimentos circulares e tente utilizar a mesma força em todas as áreas da parede.
  3. Aplique uma segunda demão de massa corrida e, novamente, espere o material secar.
  4. Lixe a parede utilizando uma lixa mais fina, como a de 220. Essa segunda vez é ainda mais importante, pois será a última. Da mesma forma, faça movimentos circulares com força e velocidade constantes.
  5. Utilize a lâmpada para checar a qualidade da superfície e continue lixando até que a parede esteja uniforme, sempre fazendo movimentos circulares.

Ferramentas e materiais necessários para lixar parede

Para lixar parede você vai precisar de, no mínimo, luvas, máscara, lixas, uma lâmpada para verificar o resultado com mais precisão e uma escada para alcançar as partes mais altas. Provavelmente você também vai precisar de massa corrida ou massa vinílica, além de um selador para a parede.

As luvas e a máscara são para sua segurança e conforto. A poeira gerada ao lixar parede é incômoda e ainda prejudicial para a sua respiração. Além disso, o contato das mãos com as lixas e as paredes pode causar ferimentos se você trabalhar sem luvas. Portanto, não se esqueça dos equipamentos de proteção.

Você pode lixar a parede segurando a lixa diretamente com as mãos. No entanto, essa não é a melhor opção, pois você pode gerar uma superfície desalinhada.

Para acelerar o trabalho e melhorar a qualidade, você pode usar um suporte manual para lixa. Esse suporte é parecido com uma desempenadeira de pedreiro e tem um local próprio para encaixar e prender a lixa.

Esse equipamento é encontrado facilmente em lojas de material de construção e garante que a lixa esteja sempre em uma posição plana. Dessa forma, a pressão é aplicada uniformemente em toda a superfície.

Além disso, o suporte facilita a pegada e o manuseio da lixa. Se você quer saber como lixar parede ainda mais rápido e sem tanto esforço, uma lixadeira elétrica pode ser a solução ideal.

Para deixar o acabamento liso, você precisará aplicar massa corrida ou massa acrílica na parede antes de lixar. Se você apenas lixar sem utilizar a massa, a parede vai ficar com um acabamentos rústico. Para aquele acabamento perfeitamente nivelado, é necessário aplicar massa antes de lixar parede.

Para aplicar a massa corrida, você vai precisar de uma espátula e uma desempenadeira. Se a parede estiver apenas no reboco, será necessário passar um selador antes da massa corrida.

Por fim, você vai precisar também de uma lâmpada, que vai ser posicionada bem próxima à parede, de forma que você consiga enxergar os detalhes. 

Em resumo, os equipamentos necessários para lixar parede são:

Precisa de um pintor para fazer o procedimento para você? Faça um orçamento gratuito com a GetNinjas, parceira do Toca Obra, e garanta o melhor para a sua reforma.

Os tipos de massa e lixa para parede

Na hora de comprar massa e lixas, você vai se deparar com diversos produtos no mercado. Entenda mais sobre eles a seguir.

Tipos e gramaturas de lixas

Os tipos mais conhecidos de lixas são:

  • Lixa para massa — vendida na cor vermelha, é a mais indicada para lixar parede de alvenaria e pinturas em geral;
  • Lixa d´água — é uma lixa para acabamento fino e leva esse nome porque é utilizada molhada. Ela remove restos dos objetos lixados e pode ser usada caso você queira uma cobertura lisa praticamente impecável;
  • Lixa ferro — é usada para atividades mais pesadas, como para remover ferrugem de superfícies metálicas. Ela pode ser usada para remover tinta antiga da parede;
  • Lixa madeira — como o nome sugere, usada para nivelar superfícies de madeira e não é necessária ao lixar paredes comuns.

Além dos tipos, você também vai encontrar tipos de lixas de gramatura diferentes, indicadas por um número. Quanto maior o número, mais fina é a lixa e mais delicado será o acabamento. As granulações das lixas mais comuns vão de 36 a 2000. A lixa para massa costuma ter granulação entre 60 e 220. 

Tipos de massa e seladores

homem colando tinta na bandeja
O uso de seladores e massa corrida ajuda na hora de economizar e obter um acabamento uniforme.

Além de escolher o tipo de lixa de parede e a gramatura, você também vai precisar escolher os seladores para a parede e a massa corrida. Os seladores são uma espécie de tinta mais líquida, utilizados para cobrir o reboco.

Como ele é mais barato que a tinta, é recomendável aplicar o selador para economizar dinheiro com material. Se você aplicar tinta sem selar o reboco, a parede vai absorver boa parte da tinta, gerando um custo maior.

Depois do selador, você precisará aplicar massa corrida se quiser um acabamento mais uniforme. Existem dois tipos de massa no mercado — a massa acrílica e a massa corrida PVA.

A massa acrílica suporta umidade e, por isso, é indicada para áreas molhadas como cozinha, banheiro e áreas externas. Já a massa corrida PVA tem um preço mais em conta, mas não suporta umidade e, por isso, deve ser usada apenas em ambientes internos secos, como quartos e salas.

Pronto! Agora a sua parede está lisinha, nivelada e pronta para receber a tinta.

Como você viu, a preparação da parede antes de trocar a tinta é muito importante para o resultado visual e para a qualidade da pintura. Se você quer melhorar o acabamento, fazer a pintura durar mais e, ainda, economizar material, precisa seguir todos os passos da preparação.

Não se esqueça de cuidar da sua saúde e segurança utilizando os equipamentos de proteção corretamente. Lixar parede e fazer a pintura não são tão difíceis quanto você pode imaginar. Coloque a mão na massa e deixe sua casa mais bonita!

Para saber mais, assine a Newsletter do Toca Obra, e fique por dentro das novidades!

Contrate um ninja