Na hora de dar uma cara nova à casa, a pintura é sempre uma excelente ideia. Afinal, rapidamente é possível modificar de forma bem impactante um ambiente, criando uma sensação totalmente diferente para o cômodo.

As cores trazem vida nova à casa! Mas, para conseguir isso, é indispensável entender a diferença entre tinta acrílica e látex para escolher corretamente o tom de cada ambiente.

Dessa forma, conhecer as indicações para tinta acrílica e látex é super importante, pois assim você garante a escolha do material certo para o ambiente que irá pintar e também para o resultado que deseja.

Vai construir ou reformar e está um pouco perdido em relação a escolha das tintas? Leia este conteúdo completo e saiba tudo sobre o tema!

O que é a tinta acrílica?

A tinta acrílica, em geral, possui um valor cerca de 30% mais alto do que a látex – e isso está relacionado à sua qualidade, que costuma ser mais elevada. A diferença entre tinta acrílica e látex, que justifica esse valor superior, é a resina que está presente em maior quantidade na acrílica, o que acaba trazendo mais resistência e durabilidade à pintura.

Hoje, essa é a tinta mais comum no mercado, afinal, oferece uma série de vantagens como: 

  • secagem mais rápida;
  • solúvel em água; 
  • alta impermeabilidade (podendo também ser usada em áreas externas). 

Como vimos, essa é uma tinta resistente, fácil de limpar e de cobertura eficiente já na primeira demão. Além disso, a tinta acrílica pode ser encontrada em versões fosca – apresentando um pouquinho de brilho – e brilhante.

O que é a tinta látex?

Essa tinta também pode ser chamada de látex PVA. Assim como a acrílica, ela também é solúvel em água e é fácil de limpar caso surjam respingos durante a pintura. Porém, por não contar com a resina acrílica, a diferença entre tinta acrílica e látex é que esta última não é tão resistente e impermeável, por isso seu uso não é recomendado para áreas externas.

Para a limpeza diária, a recomendação é usar apenas pano macio com água e sabão neutro. É importante evitar materiais mais rústicos e agressivos como as buchas, porque a látex é uma tinta porosa e esses itens podem deixar a aparência da pintura um pouco desgastada.

Outra característica dessa tinta é o seu rendimento elevado. Embora os números exatos variem de marca para marca, a média é de 200 a 350 m² por demão, com diluição em 50% de água. Para uma boa cobertura, contudo, é indicado aplicar entre 2 a 3 demãos de tinta.

Além desses pontos, a tinta látex ainda apresenta: 

  • boa durabilidade; 
  • resistência ao mofo;
  • bom alastramento; 
  • pouco odor e retenção de cor. 

Porém, ela apenas apresenta acabamento fosco, por isso a tinta látex não deve ser usada em cima de pinturas brilhantes, uma vez que o resultado será insatisfatório.

Afinal, qual a diferença entre tinta acrílica e látex?

Como você viu, a principal diferença entre tinta acrílica e látex está na composição. Enquanto a látex é feita apenas com acetato de polvinila, a acrílica possui na sua base uma resina acrílica. Isso a torna impermeável e, portanto, mais resistente, podendo ser usada também em áreas externas.

Além disso, a tinta acrílica é lavável e solúvel em água, enquanto a tinta látex só é solúvel em água, mas não é lavável (pode ser limpa com pano úmido). Outra diferença entre a tinta acrílica e látex está no acabamento. Uma vez que a tinta acrílica tem mais brilho, a látex se apresenta apenas na opção fosca.

com pano úmido). Outra diferença entre a tinta acrílica e látex está no acabamento. Uma vez que a tinta acrílica tem mais brilho, a látex se apresenta apenas na opção fosca.

Por todos esses pontos, o valor também é diferente. Afinal, a tinta acrílica possui um custo até 30% mais alto do que o da tinta látex, justamente por conta da sua composição mais resistente.

Na hora de escolher e comprar a tinta, é importante se atentar a alguns detalhes que podem fazer a diferença no resultado da pintura. Isso porque é possível encontrar em alguns estabelecimentos a tinta látex-PVA com possibilidade de aplicação em áreas internas e externas.

O que acontece nesse caso é que essas tintas possuem uma formulação diferente, com acréscimo de resinas acrílicas e vinílicas, que dão a elas mais resistência, permitindo o seu uso em áreas externas. Mas é sempre importante buscar por uma tinta que seja de um fabricante aprovado pela ABRAFATI (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tinta).

Ou seja, se a tinta látex não tiver essa formulação especial, ela não deve ser usada em áreas externas. 

Por esses motivos é importante ficar atento à diferença entre tinta acrílica e látex e escolher aquela que é mais apropriada para o uso.

Quais os usos da tinta acrílica e da tinta látex?

Agora que você já viu a diferença entre tinta acrílica e látex ficou mais fácil entender seus usos e aplicações, não é mesmo? Vamos ver em detalhes como elas funcionam na prática:

Tinta Acrílica

Como você viu, a tinta acrílica conta na sua formulação com a resina acrílica, que a torna impermeável. Por isso, essa é uma opção válida tanto para a área interna como externa e também para as áreas molhadas da casa, como lavabos, banheiros e cozinha.

Para um resultado ainda melhor, é recomendado conferir o tipo de acabamento oferecido pela tinta. Ele pode ser: 

  • fosco (menos resistente à limpeza, porém ressalta menos as imperfeições da parede); 
  • acetinado (confere um toque mais fino à parede, com um brilho suave e é bem resistente à limpeza);  
  • semibrilho (destaca um pouco mais as imperfeições da parede).

Tinta látex

Como a tinta látex não é impermeável, seu uso é indicado apenas para áreas internas – exceto no caso daquela tinta látex com composição diferenciada que citamos no tópico anterior.

Além das paredes de dentro de casa, você também poderá usá-la para pintar rodapés, corrimãos e objetos de decoração, como mesas, cadeiras e outros. Como o acabamento fosco é mais discreto, você conseguirá um aspecto aveludado às suas paredes, além de evitar o reflexo de luzes, o que deixa os ambientes internos mais bonitos e aconchegantes.

Quais outros tipos de tintas existem?

Embora as tintas acrílicas e látex sejam as mais usuais, elas não são as únicas opções. Veja outros tipos de tintas disponíveis.

Tinta esmalte

Essa é uma opção de tinta não solúvel em água e que, portanto, exige uma aplicação mais cuidadosa. Ela também é uma tinta com uma resistência muito maior – e por isso é mais usada para madeiras e metais, além de superfícies como portões e janelas.

É possível encontrar a tinta esmalte em versões foscas e brilhantes, mas não é recomendada para ser usada diretamente nas paredes porque, conforme seca, tende a criar bolhas que podem se desprender da superfície.

Tinta epóxi

A tinta epóxi é bastante versátil e pode ser encontrada em versões solventes ou solúveis em água. Porém, ela não é uma tinta usada em residências e sim, na indústria para pintar azulejos e metais. Essa é uma tinta extremamente resistente que pode ser usada em áreas de grande umidade. Porém, sua aplicação exige equipes especializadas, garantindo um acabamento perfeito.

Tinta especial para textura

Se a sua ideia é fazer uma textura diferenciada na parede, atenção. Afinal, hoje já existem tintas especiais para esse tipo de acabamento, que dispensam o uso da massa e tornam a aplicação mais simples (pode ser feita até por pessoas não especializadas).

Precisa de um pintor? Faça um orçamento gratuito com o GetNinjas, parceiro do Toca Obra.

Superlaváveis

A tinta superlávavel tem um acabamento acetinado e é extremamente resistente à limpeza, sendo a mais indicada para áreas com tráfego intenso de pessoas ou locais com crianças.

Elas podem ser aplicadas em ambientes internos ou externos e permitem a limpeza de qualquer tipo de mancha, como café, batom, lápis de cor e outras. Para isso, basta usar pano macio umedecido com água e sabão neutro, evitando a aplicação de produtos solventes.

Como escolher a tinta certa para minha casa?

latas de tintas abertas no chão de uma sala vazia
Entender a diferença entre a tinta acrílica e látex, entre outros tipos, pode facilitar a escolha do produto mais apropriado para cada caso.

Para o quarto das crianças, por exemplo, as opções de tinta acrílica (que podem ser lavadas) ou superlaváveis são mais interessantes, afinal, sabemos que podem acontecer acidentes como pinturas indesejadas, marcas de mãos e pés.

Já para a sala de estar ou para as áreas internas de casas, a tinta látex pode funcionar perfeitamente, sendo uma opção mais econômica e com um acabamento mais bonito.

Outras dicas essenciais são:

  • peça para o seu pintor várias amostras de 1m² pintadas em locais diferentes nas cores de tintas que você deseja usar;
  • sempre escolha um tom mais claro do que o que você deseja, porque tanto a acrílica como o látex costumam escurecer depois da secagem;
  • observe as cores das amostras em vários horários do dia, já que a luminosidade é capaz de interferir no resultado;
  • para criar um ambiente mais íntimo, pinte o teto com uma cor mais escura, já para deixar os cômodos mais amplos, a dica é o oposto: pintar o teto com uma cor mais clara do que as paredes;
  • o acabamento fosco cria mais espacialidade do que o acabamento brilhante que é mais delimitador. Por isso, prefira os acabamentos foscos caso queira dar uma maior sensação de amplitude;
  • destaque a porta da entrada com uma cor diferente e mais vibrante que o restante da casa, como vermelho ou azul imperial;
  • para a área externa, é importante renovar a pintura de tempos em tempos, como a cada 9 ou 10 meses.

Conclusão

Como você viu, a principal diferença entre tinta acrílica e látex é a composição, sendo que a primeira possui na sua base a resina acrílica, que a torna mais resistente e impermeável, podendo ser aplicada na parte interna ou externa da casa e também em áreas molhadas.

Aliás, é devido a essa resina que a tinta acrílica é uma opção lavável, enquanto a tinta látex apenas pode ser limpa com pano umedecido. Outra diferença é em relação ao acabamento, já que a látex apenas conta com a versão fosca e a acrílica possui opções com ou sem brilho.

Além dessas tintas, existem outras opções no mercado e é sempre importante entender as características das superfícies que serão pintadas e os usos dos ambientes antes de escolher a tinta certa.

botão compre no toca obra

Agora ficou mais fácil compreender a diferença entre tinta acrílica e látex e escolher a melhor opção para sua obra ou reforma? Compartilhe as nossas dicas com seus amigos nas redes sociais!

Aproveite e assine Newsletter do Toca Obra, assim você vai estar sempre por dentro das novidades! Não perca essa oportunidade.

Contrate um ninja