Trazer a natureza mais para perto é algo que está em alta na decoração. Todo mundo ama umas plantinhas em casa! Com isso, muitas pessoas se questionam sobre como montar um jardim de inverno. Se você também gosta dessa opção, saiba que não é necessário grandes investimentos para ter um espaço bonito, charmoso e aconchegante.

O essencial é escolher bem o cantinho que abrigará o jardim de inverno e pensar em como ele deverá ser estruturado, como revestimentos, plantas, móveis e outros detalhes.

Não sabe como montar um jardim de inverno e nem manter esse ambiente? O Toca Obra te ensina!

O que é o jardim de inverno?

O jardim de inverno, como o próprio nome indica, surgiu nos países de clima frio, quando as pessoas queriam ter mais contato com a natureza, mesmo nas épocas de temperaturas baixas e de neve – quando a maioria das plantas não consegue sobreviver.

Jardim de inverno visto de dentro de uma sala com grandes portas de vidro.
Fonte da imagem: Viva Decora

Foi então que nasceu a ideia de criar um ambiente climatizado dentro de casa. Embora aqui no Brasil a gente não sofra com as temperaturas mais baixas e nem com a neve, o jardim de inverno também se popularizou – e hoje ele aparece com plantas de qualquer estação do ano.

Saber como montar um jardim de inverno conta com alguns pontos essenciais que devem ser considerados para alcançar bons resultados: um espaço interno em casa, com boa entrada de luz solar e que tenha circulação de ar. A maioria é coberta por vidro, mas não existe essa necessidade, sendo possível criar seu jardim em um pergolado, no espaço debaixo da escada e em vários outros locais livres.

A grande vantagem de contar com um jardim de inverno é poder ter um espaço verde dentro de casa, sendo interessante para quem não dispõe de muita área livre ou para quem deseja um efeito estético diferenciado.

Tipos de jardim de inverno

Jardim de inverno sem paredes

É um espaço aberto onde é possível (ou não) colocar cobertura. Nesse caso, o jardim ficará integrado com os outros ambientes da sua casa, justamente porque não existem paredes separando os cômodos.

Jardim de inverno sem vidros ao redor e feito embaixo de uma escada
Fonte da imagem: Viva Decora

Caso decida fazer um jardim com cobertura, tome cuidado na hora de escolher as plantas, sempre conferindo a quantidade de luz de solar que incide no ambiente. Mesmo as plantas de sombra não sobrevivem na completa penumbra.

Jardim de inverno com paredes de vidro

É quando o jardim ficará em um ambiente separado. Normalmente, as paredes usadas são estruturas de vidro, que permitem visualizar dos outros cômodos as plantas ali dispostas. Outra possibilidade é montar o jardim na varanda dos apartamentos, tomando todo esse espaço.

Jardim de inverno com paredes de vidro.
Fonte da imagem: Viva Decora

O jardim de inverno com parede de vidro pode ter cobertura ou não. Se for deixá-lo aberto, isso favorecerá a entrada de luz, mas também de chuvas, que pode alagar outros espaços se não houver um planejamento adequado.

Uma ideia interessante é o uso de claraboias, que ajudam na passagem de luz para suas plantinhas – e também traz um charme extra e iluminação natural aos ambientes adjacentes.

Como montar um jardim de inverno?

Diversos vasos de plantas em um ambiente interno.
Saber escolher as plantas para seu jardim de inverno é uma etapa essencial.

Agora que você já aprendeu um pouquinho mais sobre o tema, que tal vermos o passo a passo de como montar um jardim de inverno? Confira:

Escolha o local

Não há um local específico em casa destinado a montagem dos jardins de inverno – quem decide onde ele ficará é você. Ele pode aparecer na cozinha, na sala de estar ou de jantar, nos quartos e até no banheiro.

O mais importante é optar por um espaço onde haja luz solar suficiente, boa ventilação e, claro, que favoreça os moradores e visitantes a desfrutarem desse espaço, criando um efeito decorativo interessante.

Apesar disso, as áreas de convivência, como a sala de estar e de jantar, são as mais usadas para o montar o jardim de inverno. É interessante destacar que tanto ambientes grandes como pequenos podem receber esse tipo de jardim, desde que haja um bom planejamento.

Algumas ideias criativas são: no quarto isolado por paredes de vidro ou na varanda do quarto, entre dois quartos ajudando a separar os ambientes, no banheiro, debaixo da escada, integrando dois espaços da casa, na cozinha, em um corredor, no hall de entrada etc.

Defina as plantas

A partir da definição do local, você poderá pensar nas plantas que irá usar. Isso porque é essencial considerar as características do ambiente, como grau de luminosidade, ventilação e também questões como regas e cuidados.

Se você não tem muito tempo para cuidar do seu jardim (ou não tem prática com jardinagem), opte pelas espécies mais fáceis de cuidar e que sejam resistentes, como as suculentas e os cactos, que também estão em alta, ou a Espada de São Jorge, que é bonita e bem mística.

Imagens dos exemplos de plantas para ter no seu jardim de inverno.

Mas se esse não é um problema para você, existem muitas plantas de sol e de sombra que podem compor seu jardim de inverno. Por exemplo:

  • Palmeira Ráfis;
  • Rosa de Pedra;
  • Mini cactos;
  • Rosa do Deserto;
  • Begônia;
  • Lírios da Paz;
  • Violetas;
  • Lança de São Jorge;
  • Bambu da Sorte;
  • Bromélia;
  • Pacová.

É muito importante, antes de comprar as espécies, se informar sobre elas, entendendo se podem ser plantadas em vasos ou se precisam ser plantadas em canteiros, como deve ser feita a rega e a manutenção, quais cuidados em relação à luminosidade ou sensibilidade à ventos, entre outros detalhes.

Escolha o tipo de revestimento

O seu jardim de inverno poderá contar com diferentes tipos de revestimentos, dependendo do efeito decorativo que você deseja dar para ele, como deck de madeira, terra, pedras, grama ou uma combinação de vários deles.

Considere as características arquitetônicas do seu espaço e a viabilidade do revestimento pensado. Por exemplo, se o jardim será montado em um apartamento, pode ser inviável usar terra e plantar grama. Nesse caso, vale mais a pena pensar em um deck de madeira e detalhes em pedras, plantando as espécies em vasos e floreiras.

Como essa é uma decisão que envolve questões técnicas, muitas vezes é indicado contratar um profissional, como um paisagista ou arquiteto, principalmente caso você esteja planejando alterações drásticas no espaço.

Neste caso, temos como solução a GetNinjas, uma plataforma que oferece os melhores profissionais para o serviço que desejar.


As pedras são boas opções e ajudam a ornamentar diferentes ambientes. As mais usadas são cascalho, pedra rolada, pedra brilhosa, seixo e brita colorida.

As paredes também podem receber revestimentos para criar um ar mais rústico, como madeira, pedras naturais, pastilhas, cimento queimado, azulejos decorados, porcelanato que imita madeira, tijolinhos à vista, entre outros.

Considere a presença de móveis e objetos de decoração

O jardim de inverno, além de ser uma área para apreciarmos, também pode ser um ambiente de uso da casa, principalmente para os moradores relaxarem. Por isso, você poderá incluir móveis, como bancos de jardim, mesinhas, aparadores e outros.

Também é possível usar cadeiras e sofás, desde que eles se relacionem bem com a área externa e carreguem esse estilo mais rústico. Geralmente os móveis de madeira são os mais usados, além daqueles de vime, ferro ou aço.

Jardim de inverno com uma pequena mesa redonda e duas cadeiras.
Fonte da imagem: Viva Decora

Você também poderá usar arandelas e até outros itens decorativos, como fontes, espelhos d’água, etc. – desde que haja espaço suficiente e que a área comporte esses itens.

Os vasos podem ser usados em diferentes alturas, criando uma sensação diferenciada no seu jardim de inverno. Assim, é possível criar zonas com arbustos, plantas, vasos pendentes e outros detalhes que enriquecem e enfeitam o espaço.

Como cuidar do jardim de inverno?

Várias pessoas cuidando de um canteiro e mostrando como montar um jardim de inverno com cuidado.
Depois de aprender como montar um jardim de inverno, é importante saber como cuidar e mantê-lo conservado e saudável.

Não adianta descobrir como montar um jardim de inverno e esquecer de cuidar dele, não é mesmo? Afinal somente com esses cuidados suas plantinhas ficarão bonitas e saudáveis por mais tempo.

Os cuidados específicos dependerão muito do tipo de planta que você escolheu. Isso se relaciona a quantidade de regas, adubação e poda.

De uma forma geral, é indispensável oferecer luminosidade às suas plantas, já que, mesmo as espécies de sombra, precisam de um pouco de luz solar para fazerem a fotossíntese e sobreviverem.

Além disso, não se esqueça de fornecer água de acordo com a necessidade da espécie e o clima do ano. No verão, geralmente, será preciso regar mais vezes do que no inverno, principalmente se o seu jardim de inverno recebe bastante sol.

Quem não tem muito tempo para cuidar, pode investir em espécies mais fáceis e que não exigem tanto, como a Espada de São Jorge, a Zamioculca e os cactos. Em compensação, existem outras que, apesar de bonitas, exigem muita aptidão, como as orquídeas, que são bastante sensíveis.

Outra dica bem interessante é realizar a limpeza das folhas das plantas do seu jardim com frequência. Isso pode ser feito passando uma esponja macia com água nas folhas grandes e borrifando as menores com um jato de água fino.

Como as plantas absorvem a luz solar pelas folhas para realizar fotossíntese, o processo ajuda que elas vivam mais e com mais saúde e beleza.

Se você optou por ter uma cascata ou uma fonte no seu jardim, não se esqueça de ligar esses aparelhos com frequência e de limpá-los também, porque água parada é foco criador de dengue.

Não se esqueça, ainda, de fazer um bom projeto de drenagem, principalmente com a instalação de um ralo para facilitar o escoamento da água e evitar infiltrações. Acima do ralo, você poderá incluir uma manta geotêxtil que evita o entupimento e ajuda a conter a terra que cai.

Monte um kit básico de jardinagem!

Conclusão

Neste conteúdo, você viu dicas de como montar um jardim de inverno. Basicamente, isso envolve a escolha do lugar ideal, a seleção das plantas de acordo com as características do ambiente, o uso do revestimento certo e do projeto paisagístico e a composição com móveis e outros elementos de decoração.

Gostou das nossas dicas? Já sabe como montar um jardim de inverno aí na sua casa? Se está precisando de alguma ferramenta ou material, navegue no Toca Obra e encontre tudo o que precisa! E não deixe de cadastrar seu e-mail em nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades e ofertas para sua obra.

Mande para gente nos comentários uma foto do seu jardim de inverno! Queremos ver 😀

Contrate um ninja