Ainda que seu uso seja simples, nem todo mundo sabe como instalar porta de correr. Seja por causa do dimensionamento dos trilhos, seja pelo seu alinhamento, implantar uma porta de correr tem bastante potencial para dar problema!

No entanto, é possível prevenir tudo isso seguindo algumas regras básicas de como instalar porta de correr do jeito certo. Ainda que o melhor seja contratar profissionais qualificados para isso, com um pouco de treinamento, é possível sim implantar essas portas sem dor! Quer saber como? Então leia este artigo!

O que é uma porta de correr?

Portas de correr são aquelas que abrem horizontalmente por meio de deslizamento, geralmente paralelas a uma parede. Assim, elas podem ser montadas ou sobre trilhos no chão ou suspensas. Inclusive, alguns desses modelos podem esconder os trilhos quando a porta é aberta.

Já aqui no Brasil, a Norma ABNT NBR 10821 define o que são portas, tanto as de correr quanto as outras. A mesma norma também determina os termos técnicos para cada elemento que compõe uma porta, bem como seu dimensionamento e regras de segurança. Nesse contexto, de acordo com a terminologia técnica da norma, portas de correr são as “Portas cuja(s) folha(s) apresenta(m) movimento de translação horizontal no(s) plano(s) da folha.”

Por sua vez, uma porta é definida como: “componente construtivo cuja função principal é de permitir ou impedir a passagem de pessoas, animais e objetos entre espaços ou ambientes.” Assim, uma porta é composta de marco (1), folha de porta (2), alizar (3) e ferragens (4):

ilustração mostrando o passo a passo de como instalar porta de correr
Esses são os  principais componentes para conhecer antes de aprender como instalar porta de correr. Fonte: ABNT, 10821

Nesse cenário, a construção de uma porta depende do vão livre ou vão de luz. Este elemento é a abertura na parede destinada à instalação da porta, que é limitada pelas faces internas do marco e da soleira. Quando há múltiplas folhas, como é o caso das portas de correr, o vão livre pode ser delimitado pela face inferior da travessa do marco, pela soleira e pelas bordas verticais das folhas. 

As folhas, neste caso, são os painéis ou partes móveis principais de uma porta. Dessa maneira, os tipos e a forma como instalar porta de correr irão variar de acordo com as várias características da construção. 

Que tipos de portas de correr existem? 

Antes de descobrir como instalar porta de correr, é importante saber qual é o tipo de abertura que será implantada. Atualmente, existem vários modelos de portas deslizantes. Em quaisquer dos casos, elas devem obedecer às regras da ABNT, que definem os tipos de porta. Confira:

Porta de correr em um plano 

Porta de correr cuja(s) folha(s), no movimento de abertura libera(m) até 100% do vão livre. Elas podem ter uma porta ou duas e serem montadas da seguinte forma:

  • Embutida: Porta de correr cuja(s) folha(s), no movimento de abertura, fica(m) embutida(s) e oculta(s) na parede;
  • Inclusa: Porta de correr cuja(s) folha(s), no movimento de abertura, aloja(m)-se num rebaixo na parede;
  • Sobreposta: Porta de correr cuja(s) folha(s), no movimento de abertura, sobrepõe(m)-se à parede.

Em todos esses casos, a abertura pode ser à direita ou à esquerda.

Porta de correr em dois planos

De acordo com a NBR 10821, são portas cujas folhas, no movimento de abertura, se movimentam em dois planos para a direita ou para a esquerda, podendo conter uma ou mais folhas: 

  • Com duas folhas fixas e duas folhas móveis 
  • Uma folha fixa e uma folha móvel
  • Com duas folhas móveis
  • Com quatro folhas
  • Com duas folhas

Portas de correr em três planos

Porta de correr, cujas folhas no movimento de abertura se movimentam em três planos. Podem conter uma ou mais folhas fixas e abrirem para a esquerda ou para a direita:

  • Com três folhas: uma folha fixa e duas folhas móveis liberando 1/2 do vão livre;
  • Uma folha fixa e duas folhas móveis liberando 2/3 do vão livre;
  • Com seis folhas, que podem ser: 
  • duas fixas e quatro móveis liberando 1/2 do vão livre ou
  • duas fixas e quatro móveis liberando 2/3 do vão livre. 

Assim, a NBR 10821 define quais tipos de portas de correr existem. Note que os tipos também irão definir o procedimento de como instalar porta de correr. Porém, a escolha do modelo depende de vários outros fatores relativos à sala ou quarto onde serão instaladas.

Onde usar?

A escolha da melhor porta de correr para seu caso depende principalmente do espaço disponível. As portas em três planos, em geral, são mais aplicadas onde há pouco espaço. É por isso que são muito usadas em guarda-roupas e móveis em geral. 

As portas de correr são muito indicadas, também, em ambientes onde a entrada seja no meio da parede. Ocorre que o modelo mais simples de porta demanda muito espaço para abrir e fechar, o que atrapalha a circulação. 

Por fim, as portas de correr podem funcionar como paredes móveis ou até mesmo como decoração dinâmica. Isso porque, além dos tipos, os materiais que compõem uma porta de correr são vários: madeira, vidro, PVC, entre outros. 

Uma das vantagens de portas de correr mais simples é que não demandam a instalação de vários dos elementos de porta. É claro, isso depende do que você pretende realizar em sua casa. Mas, com um pouco de paciência, é possível sim aprender como instalar porta de correr de modelos mais simples.

Se você precisar da ajuda de um profissional na hora da instalação, o Toca Obra conta com a parceria do GetNinjas. Através da plataforma online, você pode fazer seu orçamento e contratar um profissional preparado para o tipo de serviço necessário.

Como instalar porta de correr?

Depois de escolher qual o modelo que será utilizado, é hora de aprender como instalar porta de correr. A propósito, você irá precisar separar os materiais a serem utilizados também de acordo com o tipo de porta a ser implantado. Quanto às ferramentas, você irá precisar de:

  • Chave de fenda, para portas com trilho aparente;
  • Brocas adaptadas para perfurar folhas de portas;
  • Serra de 24 dentes, para portas embutidas;
  • Tupia, para portas com trilho aparente;
  • Chave phillips, para portas embutidas;
  • Esquadro, para portas embutidas;
  • Óculos de proteção;
  • Furadeira;
  • Lápis;
  • Luvas;
  • Trena.

Após reunir todos esses materiais, siga o passo a passo a seguir:

Como instalar porta de correr embutida

Antes de começar a instalação da porta de correr embutida, reúna todos os materiais e ferramentas a serem utilizados e veja se não falta nada. Algumas dicas são:

Materiais:

  • Folhas: com as medidas do vão em mãos, recorte as portas removendo 1 cm das extremidades superiores e inferiores e 1,5 cm a mais na largura total. É que o comportamento do material pode variar bastante após instalado. A madeira, por exemplo, pode encolher bastante se não tiver sido bem seca.
  • Kit de rodízio (roldanas, guia e trava); deve ser escolhido conforme o peso da porta;
  • Trilhos de alumínio superior e inferior;
  • Puxador para as portas;
  • Parafusos e buchas;
  • Silicone acético.

O passo a passo de como instalar porta de correr é o seguinte:

  1. Preparação das portas: Instale os rodízios nas partes inferior e superior das portas. Usando trena e lápis, faça a medição e a marcação da distância de 3,5 cm da extremidade da porta para dentro. Nessa marcação, fure e parafuse o rodízio, repetindo esse processo na outra extremidade.
  2. Instalação das guias das portas: Posicione a guia com a trava na parte de cima de uma das portas já na posição de instalar e marque os furos da guia. Parafuse e remova a trava, repetindo o processo na outra extremidade.
  3. Instalação dos puxadores das portas: Os puxadores já vêm com as portas. Siga o manual de instrução para sua instalação.
  4. Instalação dos trilhos: Coloque o trilho inferior, se for o caso, entre 2 a 5 cm de distância, para dentro do vão. Marque 15 cm das extremidades do vão e depois a 30 e a 50 cm, em relação à primeira marcação de 15 cm. 
  5. Fixação do trilho inferior: Se houver trilho inferior em sua porta, após a marcação, retire os trilhos e aplique silicone em toda sua extensão inferior. Depois, posicione novamente o trilho e parafuse-o.
  6. Fixação do trilho superior: Se for o caso, faça o mesmo processo utilizado para o trilho inferior. 
  7. Instalação da trava no vão: Após posicionar a trava no espaço entre o vão e o trilho superior, marque e fure com a furadeira. Em seguida parafuse a trava.
  8. Finalização: Começando pela porta do fundo, encaixe a porta nos trilhos, primeiro a superior e depois a inferior e teste. Pronto! Sua porta está instalada.

Como instalar porta de correr com o trilho aparente

As portas de correr com trilho aparente são um pouco diferentes. A folha principal costuma ter em torno de 50 kg, mas isso pode variar. Verifique qual é o caso, pois isso, além do tamanho do vão, determina a escolha das demais peças, que são:

  • Capa do suporte (kit de alumínio).
  • Suporte de Roldana
  • Limitadores
  • Perfil Guia
  • Pino Guia
  • Batedores
  • Roldanas
  • Trilho

O processo de como instalar porta de correr neste modelo é mais simples, mas segue o mesmo passo a passo:

  1. Preparação da porta;
  2. Instalação das roldanas;
  3. Instalação das ferragens;
  4. Preparação da posição de abertura;
  5. Preparação da posição de fechamento;
  6. Instalação do perfil-guia;
  7. Instalação dos pinos-guia e de segurança;
  8. Finalização.

Agora que você aprendeu como instalar porta de correr, nos seus diversos tipos e modelos, inscreva-se na newsletter para continuar acompanhando nossas dicas sobre construção.

Contrate um ninja