Quem mora em apartamento pequeno, por exemplo, sabe o quanto um cômodo planejado pode fazer a diferença. Afinal, não basta ter um espaço bonito, ele precisa ser prático e facilitar o seu dia a dia, não é mesmo? É por isso que queremos te ajudar a entender como fazer uma cozinha planejada. 

Você também quer planejar a sua, mas não sabe qual dos tipos de cozinha você prefere entre americana ou tradicional? Antes de encomendá-la, confira nossas dicas e saiba como contratar o profissional ou a loja ideal para executar seu projeto. Acompanhe!

Vantagens de ter uma cozinha planejada

Planejar um cômodo já é uma vantagem, pois você pode deixar ele com a sua cara e adaptá-lo às suas necessidades e exigências. A cozinha não é diferente, afinal, ela é um dos lugares mais importantes da casa e ainda pode formar um só ambiente com as salas de jantar ou de estar.

Vamos ver os benefícios desse planejamento:

1. Ambiente personalizado

Uma das vantagens de ter uma cozinha planejada é poder deixar o espaço com a sua cara e personalizá-lo de acordo com as suas necessidades. Com um projeto bem pensado e realizado será muito mais fácil organizar os diversos utensílios e produtos do dia a dia que você encontra no nosso marketplace para deixar sua cozinha completa com todos os itens que sua cozinha precisa.

2. Funcionalidade

Faça uma lista de tudo o que você utiliza com mais frequência na hora de cozinhar. Esses objetos devem ser colocados próximos ao fogão ou em um armário nas alturas das mãos, onde seja fácil para alcançá-los. 

O ideal é que os armários tenham divisórias para abrigar, por exemplo, temperos e utensílios como facas de corte e tábuas. Já os itens que não usamos com tanta frequência, podem ser colocados na parte superior dos armários planejados.

Mas não costuma ser fácil deixar os objetos nas posições mais funcionais e práticas. Por isso, se a intenção é organizar tudo da melhor maneira, nada como fazer uma cozinha planejada para dispor os objetos do seu jeito. 

Como fazer uma cozinha planejada: etapas iniciais

Antes de começar a desenhar a sua cozinha, procure descobrir quais materiais o mercado oferece e quais deles cabem melhor no seu bolso e atendem às suas necessidades.

Uma das principais dicas é dar bastante atenção para a durabilidade e qualidade dos materiais escolhidos, principalmente se você pretende usar muito a sua cozinha. Com os materiais do Toca Obra você tem a qualidade do seu projeto garantido.

Outro passo inicial e primordial é verificar as medidas do espaço e imaginar a disposição de itens como fogão, geladeira, pia, micro-ondas, armários, gavetas, etc. Se possível, pense em como fazer uma cozinha planejada antes de comprar os eletrodomésticos, para que tudo se encaixe perfeitamente no ambiente.

Depois disso, pense nas cores, texturas e possíveis revestimentos que você gostaria de usar. Decida se quer modelos com ou sem puxadores, muito usados hoje em dia.

Contrate um profissional especializado

Se você tiver o apoio de um profissional que domine as técnicas de como fazer uma cozinha planejada, vai perceber que ele pensará o espaço especialmente para você e de acordo com os seus hábitos.

Esse profissional vai saber aproveitar ao máximo cada centímetro da sua cozinha. Isso é bem diferente de planejar apenas usando a planta do local, sem necessariamente tornar o ambiente funcional para você e sua família.

Se você deseja uma cozinha planejada que seja pequena, vai tirar ainda mais proveito dessa orientação profissional!

O GetNinjas oferece serviços de profissionais qualificados para os diversos setores. Faça um orçamento e confira as opções disponíveis para sua construção.

Tipos de cozinha planejadas

como fazer uma cozinha planejada com balcão
Seja qual for o seu modelo preferido, saber como fazer uma cozinha planejada pode mudar sua relação com esse ambiente. 

Quem nunca sonhou em ter uma cozinha americana? Ela é moderna, integrada à dinâmica da casa e, claro, um convite a reuniões animadas com a família e amigos. Contudo, a cozinha tradicional fechada pode ser a mais indicada para a sua rotina. 

Confira a seguir as vantagens e desvantagens de cada uma e decida qual o melhor formato para a sua casa. 

Cozinha americana

Aberta para a sala, a cozinha americana não tem paredes que isolam quem está cozinhando. Mas além da integração entre os cômodos, esse tipo de cozinha funciona muito bem em casas e apartamentos pequenos. Isso porque o espaço mais aberto traz uma sensação de amplitude e conforto, aspectos que os novos imóveis foram perdendo em razão do tamanho das plantas.

Além disso, um bom modo de como fazer uma cozinha planejada no estilo americano, é usar um balcão para separar a cozinha da sala. Isso contribui ao agregar versatilidade para o layout e servir de apoio para as refeições, podendo também virar bar para reunir os amigos e uma área de trabalho durante as produções culinárias. 

Outro ponto a ser considerado é a iluminação. Sem as paredes, a cozinha acaba recebendo a luz natural que vem da janela da sala durante o dia. Já para as situações com menos iluminação, a dica é usar pontos de luz sobre a bancada, pois as luzes básicas da sala e da cozinha podem ser insuficientes para iluminar adequadamente a área de manuseio de alimentos.

No entanto, se optar pela americana, certifique-se de contar com a ajuda de um profissional que possa fornecer um laudo para garantir que a estrutura do imóvel suporta a retirada de paredes. Se for um apartamento, a legislação exige o laudo que deve ser entregue ao síndico ou à administração do condomínio.

Cozinha Tradicional (Fechada)

Dentre os tipos de cozinha mais comuns, a cozinha fechada ainda é a mais usada no Brasil. Uma de suas vantagens é uma maior liberdade para decorar, por ser um ambiente à parte. E por ter paredes, haverá mais espaço para instalar armários e prateleiras que possam acomodar os utensílios e eletrodomésticos. 

As características desse modelo de cozinha podem compensar o isolamento dos cozinheiros durante as reuniões. Mas, de qualquer forma, a iluminação deve ser bem pensada para evitar a sensação de claustrofobia, com luzes pontuais principalmente nas áreas de preparo.

Na questão dos cheiros e da gordura, por exemplo, a cozinha fechada leva uma grande vantagem, pois há mais liberdade para cozinhar. Mas, em qualquer desses dois tipos de cozinha, recomenda-se instalar uma coifa ou depurador de ar.

Escolher entre a cozinha americana e tradicional pode parecer difícil. Mas ao levar em consideração as vantagens e características de cada uma fica mais simples decidir qual a melhor opção para sua casa. 

Agora que você já tem uma boa noção de como fazer uma cozinha planejada e do que considerar para escolher entre a americana e a tradicional, boa sorte e muita calma na hora de colocar a mão na massa!

Não deixe de cadastrar seu e-mail na nossa newsletter para receber todas as novidades do blog e ficar por dentro das melhores dicas para sua obra!


Encontre