Com a chegada do inverno e de temperaturas mais baixas, alguns hábitos são fortemente afetados pelo frio. O banho com certeza é um deles, né? E se o chuveiro não esquenta a água, esse momento pode se tornar um grande contratempo.

Para resolver esse problema, primeiro é preciso entender o que está afetando o funcionamento do seu chuveiro. Os motivos podem ser simples, como uma resistência queimada, ou mais complexos, envolvendo a fiação de sua casa, a pressão da água, etc.

Além de dificultar a rotina de higiene, o mau funcionamento do chuveiro pode deixar a conta de energia mais alta e gerar acidentes ligados à eletricidade. Então, para garantir seus banhos quentes nos dias de temperaturas mais baixas, é fundamental sempre se atentar à qualidade do aparelho e fazer a manutenção correta. 

O seu chuveiro não esquenta a água nos dias mais frios? O conteúdo a seguir vai te ajudar a identificar as principais causas e soluções que fazem isso acontecer. Acompanhe!

Por que o chuveiro não esquenta a água? 

Existem muitos fatores que afetam o bom funcionamento do chuveiro. Em muitas situações, isso pode estar relacionado à resistência, potência do aparelho e até mesmo à má qualidade da fiação do imóvel. Veja a seguir as principais causas que podem estar impedindo os seus banhos quentes!

Um chuveiro preto está em funcionamento, saindo água à frente da imagem.
Para entender o mau funcionamento do chuveiro, é preciso investigar o seu lar.

Mau uso da chave do chuveiro 

Para identificar o motivo do chuveiro não esquentar, o primeiro passo é verificar se a chave está na posição correta antes de ligar. Esta etapa é fundamental para você não ter um trabalho extra investigando a causa do problema. 

Geralmente, os chuveiros vêm com as opções de três ou quatro fases. O modo potente pode funcionar com até o dobro de Watts de potência comparado ao frio, garantindo um banho muito quente. Porém, o consumo de energia também é maior.

Também existem chuveiros que funcionam como um dispositivo Dimmer. Nesses aparelhos, você pode ajustar a potência ao girar gradualmente o botão de controle. Assim, fica mais fácil deixar a água com a temperatura desejada.

Para ambos casos, se você notar que a troca de posição da chave não afeta o aquecimento da água, acione um eletricista. Este profissional fará a manutenção do aparelho e pode indicar se a melhor opção é realizar a troca do produto

Resistência queimada

Em fundo branco, nesta imagem há uma resistência de chuveiro elétrico.
Uma resistência elétrica de alta qualidade garante maior vida útil ao seu chuveiro.

O chuveiro está esquentando somente em algumas chaves ou não esquenta nem um pouco? Então é hora de verificar a condição da resistência. Essa peça é responsável pelo aquecimento da água e, se estiver com uma das fases rompidas, vai afetar o funcionamento da ducha. 

Basicamente, a resistência elétrica tem o papel de “dificultar” a circulação da corrente elétrica. É nesse processo que se dá a geração de calor, que aquece a água e nos salva nos dias frios.

A durabilidade da resistência é afetada por seu uso constante, fazendo com que os banhos em temperaturas altas diminuam a sua vida útil. Assim, ter uma resistência queimada é algo bem comum. 

É fácil perceber que a resistência está queimada. Ligou o chuveiro e não ouviu o barulho característico do aparelho? A água continua gelada mesmo mudando a fase? Esses são sinais de que a peça precisa ser substituída!

Realizar a troca é simples. Basta desligar o disjuntor, remover a peça antiga e instalar a nova seguindo as instruções do fabricante. Porém, é importante adquirir resistências de alta qualidade e compatíveis com seu chuveiro para aumentar sua durabilidade e não sair no prejuízo, combinado?

Compatibilidade da potência do chuveiro com a pressão da água

Um chuveiro está funcionando com a saída de pouca quantidade de água.
A potência do chuveiro deve estar alinhada com a quantidade de água em sua saída. (Foto: Reprodução/Pinterest/ Tudo Construção).

A potência de um chuveiro é o que determina a quantidade de água que ele consegue aquecer em pouco tempo. Quanto maior a potência da ducha, mais ela esquentará a água. 

Ela é representada pela unidade Watts (W) e sempre vem descrita na embalagem do produto. Caso você não tenha mais a embalagem em mãos, a potência geralmente também está destacada no próprio chuveiro. 

Entretanto, a pressão é um fator que pode atrapalhar o aquecimento da água mesmo em chuveiros muito potentes, sabia? 

Se a vazão é muito baixa para um chuveiro com potência mais alta, a força da água pode não ser suficiente para ligar o aparelho. Neste caso, o ideal é instalar um pressurizador ou verificar se há algum problema nas instalações da própria residência. 

Já se a água sai em uma pressão muito alta e a potência do chuveiro é muito baixa, ele acaba não dando conta de aquecer toda a água que entra rapidamente pelo cano e sai pelo distribuidor. Nesta situação, a solução mais simples é investir em um aparelho mais potente. 

Atualmente, existem diversos modelos de chuveiro disponíveis no mercado, com potências, formatos, capacidade de vazão e níveis de temperatura diferentes. Para o seu dia a dia, é importante pensar sobre a sua rotina de banhos e como você lida com o frio. Afinal, essa escolha vai definir seu bem-estar e seus gastos mensais.

Disjuntor incompatível

Um homem de capacete branco e luvas de segurança está mexendo em um disjuntor localizado em um quadro de distribuição elétrica.
Para a manutenção do disjuntor, recomenda-se acionar um especialista.

O disjuntor também é uma peça valiosa para o sistema elétrico da casa e sua segurança. Para um bom funcionamento, ele precisa ser compatível com a potência e a tensão exigidas pelo chuveiro.

Esse dispositivo desliga automaticamente ao detectar um curto-circuito ou uma sobrecarga elétrica, com sua chave voltada para cima quando ligado e para baixo quando desligado. Geralmente, o quadro de distribuição onde ele se encontra fica dentro da residência ou em uma central no próprio terreno.

Se esse aparelho tem sido acionado com muita frequência, é recomendado chamar um eletricista para verificar o que está acontecendo, pois o erro pode estar tanto na escolha do disjuntor, como em uma sobrecarga elétrica que vem acontecendo em sua casa.

Fiação elétrica com espessura inadequada

Alguns dos defeitos mais comuns que podem fazer com que o chuveiro não esquente envolvem a fiação da casa. Para as casas mais antigas, a fiação pode ser inadequada para os novos hábitos de consumo elétrico, sem contar quando o rompimento dos fios é causado por animais que entram no forro.

Nesse caso, é necessário trocar a fiação com a ajuda de profissionais especializados. Mas, se o único problema detectado envolver a região do banheiro, então é preciso observar se a fiação está de acordo com a potência do chuveiro. 

A regra para a escolha da fiação e do chuveiro é simples: quanto maior a potência, maior a espessura da fiação. Assim, os cabos utilizados na instalação não terão problemas em suportar a demanda necessária, evitando um aquecimento nos fios e possíveis acidentes.

Para te ajudar, listamos na tabela abaixo as compatibilidades mais comuns entre a tensão, potência do chuveiro, fiação necessário e o melhor disjuntor para cada caso:

TensãoPotência do chuveiroEspessura da fiaçãoDisjuntor ideal
110V/127V3200W4 mm²32A
110V/127V4500W6 mm²40A
110V/127V5500W10 mm²50A
220V/230V4500W4 mm²25A
220V/230V5500W4 mm²32A
220V/230V6800W4 mm²32A
220V/230V7500W4 mm²40A
220V/230V7800W6 mm²40A

Dicas para preservar o bom funcionamento do chuveiro

Depois de corrigir inconvenientes que fazem o chuveiro não esquentar, é importante seguir algumas dicas para ele continuar funcionando perfeitamente. 

Realizar revisões e manutenções periódicas na rede elétrica da residência é um passo crucial. Isso ajuda não somente a evitar problemas com o chuveiro, mas com todos os aparelhos que dependem da eletricidade em sua plenitude, evitando dores de cabeça no dia a dia. 

Nas temporadas mais frias do ano, procure tomar banhos mais curtos e com temperaturas mais equilibradas. É bom ter em mente que essas práticas podem aumentar a durabilidade da resistência e até mesmo o próprio chuveiro, além de economizar na conta de energia no fim do mês. 

Precisa trocar a resistência, o chuveiro, o disjuntor ou a fiação da sua casa? Acesse o Toca Obra e compre os melhores produtos para resolver o problema do chuveiro que não esquenta!

Contrate um ninja